2018
América do Sul

Painel 11

Confiabilidade, Previsibilidade e Inovação na Gestão de Ativos: a metodologia GERISK incorporando potencialidades proporcionadas pela Indústria 4.0 no segmento E&P de Petróleo e Gás

Diante de um mercado mais cada vez mais competitivo, os projetos necessitam de maior robustez, previsibilidade e controle para atingir os resultados almejados com qualidade de vida para todos os stakeholders. Num cenário de incertezas e requisitos socioambientais mais restritivos como é o caso atual da revitalização de campos maduros (potencial exploratório remanescente) – ou, ainda, projetos exploratórios do pré-sal brasileiro - faz-se condição necessária o uso da Engenharia da Confiabilidade integrada ao conhecimento pessoal e organizacional e, ainda, suportados pelo uso das potencialidades da Indústria 4.0, por uma Análise de Risco criteriosa e um Sistema de Gestão efetivo. A proposta desse trabalho é apresentar e discutir os aspectos relevantes da metodologia probabilística – em uso desde 2000 na área de poços de petróleo – que considera os riscos e as incertezas presentes utilizando como ferramentas básicas a Estatística, a Simulação de Monte Carlo, a ISO 55.000 e a Engenharia da Confiabilidade. Serão apresentadas uma síntese das fases do projeto (FELs), sua gestão, ciclo da aprovação, seleção das alternativas, métrica do Valor Agregado e as Lições Aprendidas no ciclo PDCL-A. Será, ainda, dado ênfase ao procedimento AWC (Adaptive Well Construction) e aplicações na área de Poços no contexto da Indústria 4.0.

Arlindo Antônio de Souza e Teresa Fuess
GERISK Consultoria, Treinamento e Participações 
Brasil